As Bênçãos de Abraão são para você hoje. Parte 1.

As Bênçãos de Abraão são para você hoje. Parte 1.

João 1:17 – 17 Porque a lei foi dada por intermédio de Moisés; a graça e a verdade vieram por meio de Jesus Cristo.

A palavra diz que a lei foi dada, veja, nós podemos enviar coisas para as pessoas, podemos presentear alguém, mas a bíblia diz que a graça e a verdade vieram, a graça e a verdade nos foram enviadas. A verdade está do lado da graça e não do lado da lei.

Muitas vezes escutamos pessoas pregando lei e dizendo que essa é a verdade do evangelho, mas não é. Sempre que pregamos o evangelho de maneira dura, de maneira legalista não estamos usando a verdade. A verdade está do lado da graça e não da lei.

Em João 8 32 Jesus disse: “32 e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” Ele estava falando para alguns fariseus que conheciam a lei de Moises. Se a lei fosse a verdade Jesus não precisaria dizer conhecereis a verdade e a verdade vos libertara.

Portanto a verdade do evangelho é a graça. Graça é o favor imerecido, a lei foi dada por Moises, mas graça e verdade vieram por Jesus. O primeiro milagre de Moises na lei, representando a lei foi transformar as águas em sangue resultando em morte, mas o primeiro milagre da graça foi transformar agua em vinho, representando alegria.

Sobe o domínio da lei você precisa tirar seus sapatos, sabemos que os sapatos  simbolizam os seus direitos, sobre a lei você não tem direitos, mas sob a graça quando o filho volta o pai manda colocar as sandálias, ou seja na lei você não tem direitos, mas na graça você tem direito de estar na presença do pai.

Sob a lei é sempre fazer para ser aceito, a lei sempre pede algo de nós, mas sob a graça tudo está consumado, nosso trabalho é descansar como o pai descansa. O descanso é a nossa promessa, mas na lei sempre existem demandas.

Deuteronomio 6:10 e 11 diz: O Senhor, o seu Deus, os conduzirá à terra que jurou aos seus antepassados, Abraão, Isaque e Jacó, que daria a vocês, terra com grandes e boas cidades que vocês não construíram,
com casas cheias de tudo que há de melhor, de coisas que vocês não produziram, com cisternas que vocês não cavaram, com vinhas e oliveiras que não plantaram. Quando isso acontecer, e vocês comerem e ficarem satisfeitos,

Perceba que essa era a promessa para quem cumprisse a lei, cumprir a lei iria trazer descanso, isso era descanso. A promessa por cumprir a lei é o descanso, cidades que não construímos, poços que não cavamos e vinhas que não plantamos, quando a graça e a verdade vieram, Jesus cumpriu a lei e por Jesus ter cumprido a lei e nós estarmos nele, hoje a nossa promessa é o descanso.

Tudo isso é baseado na obra consumada de Jesus, nossa parte como crentes, filhos, é descansar. Quanto mais descansamos, mais Jesus pode fazer por nós, e isso também mostra o porquê não desfrutamos mais de Deus em nossa vida, em nossa casa e ministério, porque não descansamos, nós fazemos muito.

Quando nós fazemos Deus descansa, quando nos descansamos Deus faz. A palavra de Deus deixa claro em vários momentos que precisamos nos aquitar e ver Jesus mover, mas muitos pensam, “se eu ficar quieto nada vai acontecer”, nós pensamos que não podemos descansar que precisamos fazer as coisas e que se não fizermos nada vai acontecer, mas Deus diz deixa claro que o nosso trabalho é descansar.

Se Deus não agir na sua vida você pode tentar de tudo, mas nada vai dar resultado, estando debaixo da lei Deus diz: “de forma alguma me esquecerei do pecado de vocês” (Ex34:6 e 7), mas debaixo da graça pelo que Jesus fez Deus diz que “Dos seus pecados e iniquidades não me lembrarei mais.” (Hb 10:17).

Perceba que algo mudou, mas infelizmente muitos irmãos ainda vivem como se estivesse ao lado da lei. Ainda tem gente exigindo muitas coisas para si mesmo, exigindo seus direitos, pregando inferno ao invés do favor, mas a bíblia é muito clara, agora em Jesus, Deus não se lembra mais dos nossos pecados.

Houve um tempo em que Deus se lembrava dos nossos pecados, mas agora ele não se lembra mais, Deus não pune mais você, nós estamos livres da maldição da lei, a palavra de Deus diz em Gálatas 3:13 – Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro. Por causa da cruz de Cristo nós fomos livres da maldição da lei. A cruz mudou tudo.

Muitos ainda pregam a lei, a lei em nossos dias é quando alguém diz: “aqui se faz, aqui se paga” ou “faça e bem e recebe o bem, faça o mal e recebe o mal”. Muitos ainda pregam como se a cruz não tivesse existido, Jesus veio para que recebamos o bem que não praticamos, para que recebamos aquilo que não merecemos.

Ele recebeu todo mal que nós merecíamos, para que nós recebêssemos todo o bem que ele merecia. É comum irmãos dizendo que a lei é profunda mas a graça é básica, se a lei fosse profunda todas as religiões do mundo seriam profundas, porque todas elas usam de algum tipo de lei como base, entretanto as religiões não ensinam que você pode receber o bem que  não praticou, receber a prosperidade que você não merece, receber a cura que você não merece, só o evangelho de Jesus ensina que o pecador recebe o que não merece.

Perceba que para ensinar o amor de Jesus você precisa do espírito santo, mas não precisa do espírito para ensinar lei, qualquer um pode ensinar a lei: “faça o bem e receba o bem”. A graça não é somente o início, foi a graça que nos salvou, será a graça que vai nos levar de volta para casa. Tudo é por meio da graça.

As bênçãos de Abraão.

As bênçãos de Abraão são: saúde, prosperidade e proteção, mas elas incluem mais do que isso, a maior benção de Abraão é justiça, Cristo nos redimiu da maldição da lei para que a benção de Abraão viesse sobre nós, isso significa que hoje quando você fracassa ou peca não existe maldição, isso poque Cristo te redimiu da maldição da lei, ele levou a maldição sobre ele.

Crer corretamente produz o comportamento correto. O Justo viverá pela fé, viver pela fé é viver crendo de maneira certa. Quando o justo crê de maneira certa, ele vive de maneira correta.

Abraão foi chamado amigo de Deus, veja como Deus se referiu a Abrão em Genesis 18:17 –  Disse o SENHOR: Ocultarei a Abraão o que estou para fazer, visto que Abraão certamente virá a ser uma grande e poderosa nação, e nele serão benditas todas as nações da terra?

Abraão era amigo de Deus, Deus ama a todos. Deus amava a Abrão e gostava dele. Eu sei que você ama a todos, mas alguns você não gosta, não gosta das atitudes, não gosta das práticas, mas de Abrão o senhor não era só amigo, ele gostava de Abrão.

Abraão viveu antes da lei, não tinha um conjunto de regras ditando como ele deveria se relacionar com Deus, mas ele era chamado de amigo de Deus, José viveu antes da lei, não tinha um conjunto de regras dizendo como ele deveria se comportar referente aos assédios da mulher de Potifar, ele resistiu á investida da mulher e não existiam os mandamentos, Cristo é a nossa sabedoria, justiça, Santidade e redenção e não a lei.

Tudo é por Jesus, a lei não faz de você santo, ela foi dada para ressaltar o seu pecado, a lei não foi dada para te tornar santos, mas para mostrar o quanto pecador eu e você somos, a lei é o conhecimento do pecado.

A bíblia diz que a lei é o ministério da morte. 2 Coríntios 3:7 – E, se o ministério da morte, gravado com letras em pedras, se revestiu de glória, a ponto de os filhos de Israel não poderem fitar a face de Moisés, por causa da glória do seu rosto, ainda que desvanecente,

Agora imagine como seria uma serie de mensagens aqui sobre os 10 mandamentos, vamos pregar um mandamento por fim de semana, o que vai acontecer ao final dessa serie de mensagens?

Isso mataria as pessoas aos poucos, perceba que muitos estão doentes, cheios de justiça própria e isso não é por conta de pecado, porque Jesus já resolveu o pecado na cruz.

Muitos estão aprisionados pela lei, porque tem se alimentado com a condenação. Se você escutar 10 mensagens sobre a graça e uma misturando a graça com a lei você vai ficar com a lei, isso porque nós somos propensos a lei.

Romanos 4:13-14 13 Não foi por intermédio da lei que a Abraão ou a sua descendência coube a promessa de ser herdeiro do mundo, e sim mediante a justiça da fé. 14 Pois, se os da lei é que são os herdeiros, anula-se a fé e cancela-se a promessa,

A promessa que Deus deu a Abraão é que ele seria herdeiro do mundo. Lembre-se da palavra da semana passada, você que é da fé, é filho de Abrão, filhos recebem herança, portanto a herança de Abraão também é herança para você.

Se Deus for cumprir essa promessa em nossas vidas, de sermos herdeiros do mundo que sejamos herdeiros e Jundiaí, Herdeiros do estado de São Paulo,  que você seja herdeiro do local onde Deus o colocou.

Se Deus vai cumprir a promessa de te fazer herdeiro do mundo, então você precisa de Saúde, é muito difícil um herdeiro do mundo estar sempre doente, eu sei que a doença pode se abater sobre a sua vida, mas herdeiros do mundo não aceitam as doenças, não se moldam pelas imposições da doença. É verdade que uma doença pode te debilitar, pode até para você por um tempo, mas como herdeiro do mundo você não aceita a enfermidade.

Se Deus vai fazer de você herdeiro do mundo ele vai fazer de você alguém rico, claro que não estamos aqui movidos pelo dinheiro ou pelos recursos, mas é difícil alguém ser herdeiro do mundo e ser pobre e falido.

Entenda que baseado na promessa de ser herdeiro do mundo estão incluídas para nós: Saúde, proteção e prosperidade. Mas porque os crentes se conformam em viver menos do que isso? Porque os crentes não recebem as bençãos de Abraão?

Mais uma vez veja o texto de Romanos 4:13-14 13 Não foi por intermédio da lei que a Abraão ou a sua descendência coube a promessa de ser herdeiro do mundo, e sim mediante a justiça da fé. 14 Pois, se os da lei é que são os herdeiros, anula-se a fé e cancela-se a promessa,

A promessa é para os que são da fé. Porque os que são da fé é que são filhos e herdeiros de Abrão. Estejais certos, portanto, de que os que são da fé, precisamente estes, é que são filhos de Abraão! Gl 3:7 BJKa.

Essa promessa é para nós, somos filhos de Abraão, e recebemos por conta da justiça que vem da fé, não é pela obediência, não é pelo esforço, é pela fé.

Abraão não recebeu porque ele era bom, ele era mentiroso, mentiu duas vezes a respeito da sua esposa. Ele não é o perfeito exemplo de alguém que é abençoado porque faz alguma coisa, ou porque obedeceu a Deus. Ele recebeu pela fé.

Gênesis 12:10-20 – Havia fome naquela terra; desceu, pois, Abrão ao Egito, para aí ficar, porquanto era grande a fome na terra. Quando se aproximava do Egito, quase ao entrar, disse a Sarai, sua mulher: Ora, bem sei que és mulher de formosa aparência; os egípcios, quando te virem, vão dizer: É a mulher dele e me matarão, deixando-te com vida. Dize, pois, que és minha irmã, para que me considerem por amor de ti e, por tua causa, me conservem a vida.

Tendo Abrão entrado no Egito, viram os egípcios que a mulher era sobremaneira formosa. Viram-na os príncipes de Faraó e gabaram-na junto dele; e a mulher foi levada para a casa de Faraó. Este, por causa dela, tratou bem a Abrão, o qual veio a ter ovelhas, bois, jumentos, escravos e escravas, jumentas e camelos.

17 – Porém o SENHOR puniu Faraó e a sua casa com grandes pragas, por causa de Sarai, mulher de Abrão.  Chamou, pois, Faraó a Abrão e lhe disse: Que é isso que me fizeste? Por que não me disseste que era ela tua mulher? E me disseste ser tua irmã? Por isso, a tomei para ser minha mulher. Agora, pois, eis a tua mulher, toma-a e vai-te. E Faraó deu ordens aos seus homens a respeito dele; e acompanharam-no, a ele, a sua mulher e a tudo que possuía.

Abraão Mentiu, e mesmo assim ele foi abençoado com ovelhas, bois, jumentos, escravos e escravas, jumentas e camelos, isso porque a justiça de Abraão não era baseado no que ele fazia, e sim na fé, a  promessa não é através da lei, mas sim pela justiça da fé, quem recebe, recebe sem esforço, recebe pela fé.

Me chama muito atenção o ponto do verso 17. O senhor PUNIU Faraó. Puniu o cara errado, foi Abraão que mentiu, faraó é uma vítima, mas Abraão é fé, justificado pela fé.

Sei que pode gerar polemica, mas o senhor sempre vai te favorecer por você ser da fé, ele sempre vai derramar graça sobre você, mesmo que você erre, há um favor para receber a herança como filho.

Então pastor, por que muitos irmãos quando erram não recebem esse favor? Por causa da condenação. 2 Coríntios 3:9 – Porque, se o ministério da condenação foi glória, em muito maior proporção será glorioso o ministério da justiça.

A chave é receber a justiça, houve gloria na condenação, veja sabemos que existem 7 tempos na história bíblica, esses tempos são chamados de dispensações. 1ª- Dispensação da Inocência, 2ª- Dispensação da Consciência, 3ª- Dispensação do Governo Humano, 4ª- Dispensação Patriarcal, 5ª- Dispensação da Lei, esses já se cumpriram, estamos vivendo a sexta dispensação que é a dispensação da Graça, a última será a 7ª Dispensação que é o reino milenar.

Durante a quinta dispensação que é a lei, o ministério da condenção foi glória. A Condenação veio na lei para mostrar que o homem não deveria depender de si mesmo, mas agora, durante a sexta dispensação devemos receber o MINISTERIO DA JUSTIÇA, que é: eu sou justiça de Deus em Cristo Jesus.

Eu peco, mas o meu pecado já foi punido em Jesus, e pela cruz eu sou sarado e salvo e tenho o favor a minha disposição. A sua justiça é ser filho do altíssimo.

Perguntas para compartilhar:

1 – O que você entendeu sobre essa palavra?

2 – Como você pode praticar essa palavra em sua vida?